Resenha: Uma Carta de Amor - Nicholas Sparks

Posso contar um segredinho para vocês? No auge dos meus dezoito anos, devorando livros desde que eu me entendo por gente, eu nunca (repito: nunca) tinha lido um livro sequer do Nicholas Sparks. No último final de semana eu estava na casa do meu namorado, quando vi uma coleção de livros, dentre eles tinha um volume que possuía Uma Carta de Amor. Comecei a ler como quem não quer nada, mas comecei a me interessar muito pela história, fazia comentários aleatórios com o meu namorado e ele provavelmente ficava se perguntando se eu tinha algum problema. Como nem tudo são flores, eu não gostei do final. Eu realmente esperava que ele fosse diferente, mas a história é linda como um todo. 

Foto: Depois do Para Sempre

 Theresa estava andando pela praia, aproveitando um pouco de suas férias, quando encontrou uma garrafa com um papel dentro. Depois de um certo esforço, ela conseguiu abrir a garrafa e ler o que estava escrito. Feito isto, ela se emocionou e começou a chorar. Era uma carta era de Garret para sua amada. Ao mostrar a carta para uma amiga, Theresa foi incentivada a publicar em sua coluna no jornal. Ela concordou, contanto que ocultasse os locais e nomes da carta. Um tempo depois, ela recebeu uma ligação, de uma pessoa que tinha encontrado uma carta parecida, e a pessoa lhe enviou a carta. A cada dia, Theresa estava mais interessada em Garret.

Foto: Depois do Para Sempre

 Após ficarem sabendo da existência de uma terceira carta e de que Garret agora estava sozinho, Theresa foi incentivada a ir atrás dele. E é isto que ela faz, mesmo correndo o risco de não ser bem recebia. O que acontece é justamente o contrário, os dois têm uma relação muito boa, que poderia ser o começo de uma linda história de amor, se Garret não estivesse tão preso ao passado e Theresa não morasse tão longe. Apesar de tudo, sua história é realmente muito linda, até que Garret descobre que ela possuía três cartas da que ele jogou ao mar para Catherine.

Foto: Depois do Para Sempre

A princípio ele fica furioso, diz a ela coisas que não deveria, mas aos poucos vai cedendo. Ele percebe que não seria mais capaz de viver longe de Theresa e está disposto a largar tudo o que tem, para ir morar em Boston com ela. Porém o destino dá um jeito de separá-los novamente.
Eu torci a história toda para que eles se casassem e tivessem filhos lindos juntos, mas a história não deixa de ser linda e do tipo que te prende, sabe? Eu recomendo!

Eu tenho o costume de postar fotos dos livros que eu estou lendo no Instagram, e postei esta (sem a citação) quando estava quase terminando a leitura do livro.

 Dou quatro estrelinhas pelos filhinhos de Garret e Theresa que eu nunca verei. :(

4 comentários

  1. Primeira vez no seu espaço, mas já encantada com as dicas! Parabéns pelo lindo trabalho.

    Te desejo uma ótima semana. Beijos!
    www.novamodaemdestaque.com

    ResponderExcluir
  2. Primeira vez no seu espaço, mas já encantada com as dicas! Parabéns pelo lindo trabalho.

    Te desejo uma ótima semana. Beijos!
    www.novamodaemdestaque.com

    ResponderExcluir